a canoa e o apego

,,,,

Nasrudin estava na margem de um rio e queria passar para o outro lado. A correnteza era muito forte e seria impossível atravessá-lo a nado. Foi quando Nasrudin viu uma pequena canoa presa na vegetação ribeirinha. Rapidamente colocou o bote n’água e pôs-se a remar para o outro lado. Com a ajuda da canoa, ele rapidamente atingiu a outra margem. Assim que botou os pés em terra firme, pegou a canoa, colocou-a nas costas e partiu em direção à floresta. Algumas pessoas que haviam observado toda a cena, ficaram espantados com aquela atitude inesperada de Nasrudin. Eles foram e lhe perguntaram: “Por que você colocou a canoa nas costas? De que ela lhe servirá agora que você já atravessou o rio?”

Nasrudin então, já vermelho, suado e cansado do esforço em carregar a embarcação nas costas, lhes respondeu: “Essa canoa me ajudou muito a atravessar o rio. Eu não posso abandoná-la. Espero que agora ela me ajude também a atravessar a floresta.”

Assim somos nós. Ficamos apegados ao passado e o transformamos em um pesado fardo em nossas vidas.

o texto acima foi extraído deste sítio aqui ó pá...
e a música de fundo pode ser ouvida aqui ó...

_______________________________________
E sempre há outras referências, notas avulsas, exercícios provisórios, estilhaços e ruídos…
veja abaixo alguns deles:

,,,,


a árvore, a arte, a canoa…

,,,,

Fotos da Ilha/Norte da Ilha – Sambaqui – Conselho Nacional de Geografia – A casa e canoa de Garapuvu a porta – anos de 1940

o território, a canoa, a identidade.

,,,,

“pasa un segundo, como pasa una página en blanco que no estrené. (…) paso la vida buscando un verso que nunca encontraré.” [Excerto da canção ‘Milonga Paraguaya‘ contida no álbum ‘Llueve‘ de Jorge Drexler] Assim passo a vida, como na canção de Jorge, buscando versos que nunca encontrarei… Clique aqui e encontrarás alguns exercícios poéticos que fiz por cá enquanto navego nesta busca pelo verso nunca encontrado…

,,,,

~~~~~~~~

E abaixo as contracapas / o lado b.

,,,,

isto tudo foi publicado em 10/11/2012 e editado n vezes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: