~~~

é um blogue, quase diário, sobre o cotidiano deste ser que escreve sob a sombra de um garapuvu que cresce…

***

sobre o nome… ao passo que o blogue foi evoluindo o nome garapuvu – a canoa que brota do chão tornou-se um nome bem simbólico. o garapuvu além de ser uma árvore bonita, e estar presente na minha vida de várias formas e em vários momentos, ainda é a árvore símbolo¹ de florianópolis – cidade que habito.

o garapuvu² é umas dás árvores que os indígenas utilizavam no fabrico da canoa de pau único… e se partirmos da imagem que todo indivíduo é, metaforicamente falando, uma ilha, nada melhor do que canoas para conectá-los. logo, este blogue, terapeuticamente, serve para este navegar… de nós a nós.

¹ lei municipal 3.771, de 15 de junho de 1992

² o schizolobium parahyba também é conhecido como guarapuvu, guapiruvu, garapivu, guaburuvu, ficheira, bacurubu, badarra, bacuruva, birosca, faveira, pau-de-vintém, pataqueira, pau-de-tamanco, pau-de-canoa ou umbela.

 

(12 de janeiro de 2015, às 10:05)
página-capa anterior >> a canoa que brota do chão
%d blogueiros gostam disto: