das chuvas de junho

[seg] 5 de junho de 2017

Escrevi antes de te ver… Inspirado pelo curta e pelas obras de anish kapoor. Escrevi depois, mas mesmo depois ainda era antes de saber de seu novo endereço… De sua gramática, de suas canções… Você me mantém em carne viva. Saber que tens alguém… No fundo é intuir que alguém te cuida como jamais pude, sempre exausto em minha loucura.

Eu preciso não pensar demais. Estou aqui fritando por pensar demais.

 2h11 não consigo dormir… Tenho aula o dia inteiro… Preciso estar desperto as 5h30. Mais uma semana exausto. 

Até alguns dias atrás eu andava cortejando a morte… Não faz duas semanas isso. Estava submerso na rotina de pensamentos tristes e mórbidos. Me peguei sentindo raiva das pessoas… E tive um estalo… É preciso lutar. A vida está uma bosta, mas estou vivo… Preciso falar sobre isso, preciso de apoio, preciso fazer terapia… Sei que há um lapso enorme de tempo entre pensar isso e ir. Mas entre o cara que jogou a toalha e o que está apanhado há uma diferença substancial. 

E agora estou numa ansiedade monstro e amanhã numa tristeza mórbida… É preciso dosar essa porra… Sem cair na indiferença.

Me sinto castrado. Impotente. Estou nessa prisão há seis anos… Sete… 

Mas olhando atentamente… Viver nunca foi fácil. E viver só é como estar sem estar…  É estar desatado. A trama me alimenta… Os desenlaces me matam. Eu quero viver… Tecer uma trama…. Aprender a viver com esse medo. só por hoje… 

3h32  corpo cansou… Digitar nesse celular é enervante…  A chuva não para. Preciso aprender a falar/ler em inglês. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: