o sol é uma estrela como as outras!

[seg] 10 de abril de 2017

ponderando. sábado da família na escola… oficina de war… para todar o dia menos pesado. domingo… vegentando no prof. online e nas pencas de papeis… produzindo notas, dados… segunda-feira cedo… 3 aulas sobre escola sem partido, um júri simulado… que não funcionou direito em duas turmas.

estou exausto… e tem mais uma penca de aula pela noite. e papeis… malditos papeis. e sigo intrigado com coisas assim:

«”A ciência não é apenas um saco de truques úteis para compreender a física ou a biologia, mas sim um método mais geral e uma atitude racional baseada no modesto princípio de que as afirmações empíricas devem ser sustentadas por provas empíricas”, resume.

“Toda a autoridade das religiões em termos éticos depende da verdade de suas doutrinas sobre os fatos”

Pergunta. Quais são os principais inimigos de uma forma de ver o mundo em que os fatos sejam importantes?

Resposta. Começando pelos mais inofensivos, eu diria que são os acadêmicos pós-modernos, os que defendem que o conhecimento é uma construção social. Em segundo lugar, os entusiastas da pseudociência, e há muitos – por exemplo, as terapias alternativas ou complementares à Medicina. A homeopatia é um exemplo que contradiz tudo o que sabemos de física ou química. Em terceiro lugar, há pseudociências piores, como a negação a evolução biológica, que está na intersecção entre política e religião.

Existe uma oposição fundamental e inevitável entre a ciência e a religião. Nem tanto por sua discrepância sobre teorias concretas como o heliocentrismo desde há quatro séculos, ou o evolucionismo. Na verdade, trata-se de uma contradição fundamental sobre os métodos que os seres humanos deveriam seguir para ter um conhecimento confiável sobre o mundo.

P. Ciência e religião não são compatíveis?

R. Para mim, a ideia de Steve Jay Gould, que diz que a ciência e a religião são dois caminhos que não se sobrepõe, que a ciência limita-se a falar de fatos e a religião a falar de ética, é insustentável. Em primeiro lugar, porque os fiéis não podem assumir a sugestão de Jay Gould e não falar sobre fatos. Um cristão não pode dizer que Deus não existe, nem que Jesus não era seu filho. Além disso, se a religião não falasse de fatos, que autoridade ela teria para falar de ética? A única razão para prestar atenção ao que uma religião diz é ver se suas doutrinas sobre os fatos são verdadeiras. Se Deus realmente existe, devemos adaptar nossas nossa ética ao que Deus quiser. Toda a autoridade das religiões em matéria ética depende da veracidade de suas doutrinas sobre os fatos. Por isso, existe uma colisão inevitável entre ciência e religião sobre os fatos. A religião não pode abster-se de fazer afirmações sobre a história do universo e a história humana.

“O pior adversário da ciência são os agentes de relações públicas, os políticos e as empresas que os empregam”

Há um conflito fundamental sobre os métodos que os seres humanos devem usar para chegar a um conhecimento confiável. As ciências usam as observações, os experimentos e a reflexão racional sobre dados empíricos. As religiões aceitam a validez deste procedimento, mas sustentam que existem outros métodos también confiáveis, como a intuição, a revelação ou a interpretação de textos sagrados. Nós devemos nos perguntar se os métodos propostos pelas religiões també têm tantos testes de confiabilidade, e a resposta é “não”. Quando entramos no âmbito dos métodos, a religião fracassa completamente.» disponível em: <http://brasil.elpais.com/brasil/2017/04/05/ciencia/1491416759_691895.html&gt;

***

#umpoetaumpoemapordia #162 (10/4)
POEMA – O SONHO

Pelo Sonho é que vamos,
comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.

Basta a fé no que temos,
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria,
ao que desconhecemos
e do que é do dia-a-dia.

Chegamos? Não chegamos?

– Partimos. Vamos. Somos.

POETA – SEBASTIÃO DA GAMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: