sube la montaña, mañana quizás bajará

[ter] 28 de março de 2017

era 1h22. anotei isto antes de dormir:

ok. deu. resolve esse teu dedo ai bicho… um ano bichado não né… maio ‘tá chegando.

hoje pela manha/tarde

faça as contas

6 horas preparando o material para uma aula de 60 minutos (ou duas aulas de 30). isto sem contar que o tempo gasto lendo, e mentalmente montando, articulando, encadeando as ideias, até começar a operacionalizar.

trilha sonora desses ultimos dias>: rie chinito. la copla / Vals de la Quebradaperota chingó.

«Sopla las cañas / Sube la montaña, mañana quizás bajará / Se hace de día el sol lo encandila / Los vientos descansa y el chino se amansa…»

***

notas de um dia agradável de chuva. quando sai, não chovia, apenas havia um céu cinza. era como se o que há cá por dentro estivesse por fora, climatizando o universo. sai no horário. não cheguei atrasado. uma aluna falou que gostava de ouvir minha voz, assim, ela tomando conta do espaço todo. outro, resolveu mostrar um de seus poemas… suas rimas sobre a desilusão, sobre a dor. escreve bem o rapaz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: