o ciclone, a aroeira e a pitangueira

[dom] 4 de dezembro de 2016

e um ciclone passou sobre nossas cabeças, nesse domingo, na madrugada.

telhas voaram, árvores aos montes… fiações elétricas partiram-se ou foram ao chão. ao lado de minha casa, o que me amendrontava era uma gigantesca árvore… a mesma que me protegeu do vento.

mas uma árvore caiu no terreno.  e na tarde de domingo, plantei duas (uma aroeira e uma pitangueira).

***

o que pensei pela manhã, enquanto tomava meu mate e caminha pela rua, observando a devastação…

as árvores nascem antes das cercas / as árvores não respeitam as cercas / as árvores morrem rompendo as cercas.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: