the elephant never forgets

[dom] 19 de junho de 2016

 

«El Chavo — por ser um menino orfão, criado na rua, que não sabe quem são seus pais, e por isso mesmo, não sabe a existência do seu nome — Bolaños preferiu apenas deixá-lo conhecido como “O Garoto”. A tradução para El Chavo no Brasil poderia seguir vários adjetivos como menino, garoto, guri, muleque, piá, manezinho, pivete, neguinho, etc.., haveriam tantas significações e possibilidades dentro da nossa própria cultura, dentro de cada estado brasileiro, que ficaria difícil atribuir uma única gíria, um único adjetivo para o personagem, e que desse um significado ao telespectador brasileiro. Sendo assim, Chaves, entra no contexto de nome, de realmente um apelido. O povo brasileiro adora apelidar as pessoas pelo fato de torná-las mais próximas de sua relação. Além disso, atribuo também o nome Chaves, a sincronização labial por parte do dublador, que dará uma maior credibilidade ao telespectador que irá perceber pelo sync da voz com o lábio do ator original. A palavra que dá sequência ao nome do seriado, ocho, poderia ser traduzida de duas maneiras no México, já que Bolaños usou o recurso do duplo sentido. O Garoto do Oito ou O Garoto do Barril. Assim como brasileiros se referem ao número seis através da palavra “meia”, e americanos se referem ao número zero a letra “o”, ocho representa tanto o número oito quanto o barril. A referência do número oito tem ligação ao primeiro canal de TV que foi exibido o programa, o canal 8 TIM — Televisión Independiente del México — e que , em 1975, a Televisa comprou. Chespirito continuou usando o oito no nome do seriado, mesmo a Televisa sendo do canal 5, e criou uma nova explicação dentro da história, que o garoto teoricamente morava na casa 8 da vila, mas preferia passar a maior parte do seu tempo dentro de um barril. » Em “O significado das palavras: El Chavo del Ocho e Chaves“, de Michael Bahr

%d blogueiros gostam disto: