que merda eu estou fazendo?

[sáb] 4 de julho de 2015

ontem dormi mais ou menos três horas…
hoje, cochilei por mais ou menos uma hora.
e a grande questão: que merda eu estou fazendo?

***

sabe aquele momento em que você está exausto, podre de sono e descrente da humanidade, e precisa fazer, partindo do zero, algo, que era para ontem, em menos de duas horas para apresentar logo mais. e ai você se pergunta: para que isso? dá uma puta vontade de mandar tudo à merda…

mas vamos lá. parte da responsabilidade é tua, e preste atenção: na hora que é para lutar… não aceite fácil e mansamente a imposição dos outros, lute! luta de forma clara e inteligente. e na hora que é para aguentar a pressão… resista! não se entregue, mantenha o foco… RESISTA!

ps: logo logo são três da tarde tudo terá cessado. e ai poderás arremessar esse corpo dolorido em algum canto e apagar.

mas agora ‘bora criar… parir algo, qualquer coisa que faça sentido. porque o que incomoda não a pressão por produzir – porque produzir merda é muito fácil, muita gente faz muito disso todo dia.

mas produzir algo que seja socialmente relevante nessa busca por construir saltos qualitativos na comunidade de seres humanos que nos rodeiam, isto exige muito. e é o que mais angustia… porque a vida não foi feita para se passar em branco… é preciso causar, tocar corações, desconcentrar, tirar do eixo, provocar, instigar… tirar da caixa, fazer o outro parar e pensar. é preciso traduzir essa dor do mundo em inquietação criativa…

****
dois links:
#1. “a través de esa apropiación violenta

#2. Voy con una trayectoria lenta”

%d blogueiros gostam disto: