commedia dell’’arte… baticumbum.

[sex] 27 de fevereiro de 2015

energia baixa. estou distraído… a mente não se fixa, vai para n direções. se atropela, entedia-se. e bate aquele desejo de «parem o trem, hoje estou cansado e quero ficar admirando a paisagem. quem sabe amanhã ou depois eu siga o comboio, meu irmão.»

**

«a vida é boa, me dê a mão. vamos sair para ver o sol…»

eu vou… / por aí… / eu vou… / vou bater bumbo até cair… // eu vou… / por aí… / eu vou… / vou bater bumbo até cair… // ba ba ba ba ba ba baticumbum… / bum baticumbum baticumbum baticumbum baticum… /  ba ba ba ba ba ba baticumbum… / bum baticumbum baticumbum baticumbum baticum… / (…) /// Compositor: (R. Janotto – E. Cucchi – V. Lo Greco)

**

e em mais uma tarde chegou a tempestade, o vento e o cinza. mas, meu irmão, preste atenção e não deixe este estado de hoje te distrair além do possível e necessário… há inúmeros projetos abertos, em varias frentes, esperando o próximo passo. ‘bora, aguentar o trovão, respirar fundo e sigamos logo mais, coisas boas virão.

%d blogueiros gostam disto: