perguntar incomoda…

[qui] 16 de outubro de 2014

Gosto amargo ainda pela estupidez humana… [e essa sensação que a tua presença causa desconforto e incomoda os outros… A tua simples existência provoca o outro e não há como conciliar isto].

Ponho-me a remendar o forro feito… E tudo é precário e provisório, e agora só falta pintar. mas isto é para outro dia [há tantas coisas para outros dias… essa vida toda para outros dias as vezes cansa]. Agora é terminar de limpar e trabalhar nas notas, nos diários… que o tempo voa e amanhã há escola.

E de Ivo Tonet, para pensar esse dia dos professores, “Em uma sociedade de classes, não basta exercer com dedicação e seriedade a atividade educativa. É preciso perguntar: a quem ela serve?”

‘Bora trabalhar para transformar essa revolta em ação coletiva autoconsciente e, sobretudo, crítica. Os fascistas não passarão.

%d blogueiros gostam disto: