ando penando…

[qua] 10 de setembro de 2014

ontem, noite:

do dilema docente, dos recortes e exercícios didáticos: 107, 104, 103, 202 e 106. rendeu… principalmente a 202. já que na segunda sai um pouco debilitado da 201. ter funcionado na 202, e na 203,  me dá mais uma variável… que não posso jogar fora tudo o que foi feito por não ter funcionado… mas que apenas não funcionou ainda, ou exatamente, na 201. é necessário adaptar ou reinventar…

depois do debate na 202 que foi para além do sinal/sirene/apito de fábrica/ da aula… o meu sorriso era absurdo… era aquela sensação de eureka! fez sentido, não atuei no vazio. mas são tantos imponderáveis… que essa sensação é um tanto ilusão.

***

trilha de retorno, no modo repetição ininterrupta: FES-ME PETONS.

***

hoje, manhã: há três discos na máquina – uma coletânea pirata gravada pelo edu contendo os dois primeiros álbuns dos secos e molhados… que começa com sangue latino… “minha alma cativa”… depois vem este álbum: velha guarda da portela – portela passado de glória (ano de 1970) que começa com esta…

e há tantas… destaco esta…

e para finalizar o terceiro álbum é este: paz e amor (álbum de nenhum de nós)

“Não estou bem certo se ainda vou sorrir / Sem um travo de amargura / Como ser mais livre, como ser capaz / De enxergar um novo dia”

***

e pela tarde há trabalho…

%d blogueiros gostam disto: