olhos de onda

[seg] 30 de junho de 2014

notas: ouvir olhos de onda. buscar sobre coletânea de haikai. acordar e levantar, são dez para cinco. e o mundo gira e isto que os homens inventaram e deram nome de dia vem e vai passando, e nele há outra invenção, as horas, e nestas horas dispomos compromissos, que nos obrigam… ou nem tanto assim, posto que se não houvesse isto de obrigação morria-se no tédio sem fim.

ps: nesse frio dá vontade de nada. nem vontade dá. que tudo é uma desvontade. de sete dias, um é agitado. noutros seis é repouso absoluto.

ps: para lá.

%d blogueiros gostam disto: