acumulador

[sáb] 21 de setembro de 2013

Encontrei essas palavras, a seguir, dentro de um livro velho:

“Nos dias escuros aquele jovem-velho lê. Mas lhe falta uma paciência histórica, um certo sentido de continuidade e futuro. Tudo é um tédio morno”.

E viva a chuva. Assim vou atropelando prazos, compromissos, acumulando coisas não feitas. É como se eu não precisasse fazer hoje porque é mais cômodo esperar por amanhã… e assim passam-se segundos, horas, dias, meses, anos… enlouqueço mansamente. Mas enquanto isto, tento me concentrar, estudo e faço atividades, agora, que deveria ter feita semana passada. Essa semana que se avizinha será bem intensa. E vamos lá, avante… afinal, o tempo não para. Daqui a pouco é outubro, e quando eu piscar será 2014 (aquele ano distante no espaço-tempo em que entraríamos num futuro-realidade de ficção científica…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: