senti-mental

[ter] 19 de março de 2002

Não… Não sei?
Como pode
O quê?
Fazer você
E deixar-me
Assim… Ora!
Não sei se
Dou-te um
Murro, um
Muro… Um
Coração. Ah!
Não sei quê…
O quê… Que
Fizeste… O que
Era p’rá ser?
Não… Não sei
Talvez…

Eu pedisse,
Se tivesse..
Coragem à você
Que não fizesse
Não sei o quê…
P’rá não
Sofrer…

Não sei?

Não sei (quê!) mais…

Senti!

19 mar. 2002

%d blogueiros gostam disto: